Adestrador (amestrador): Conhece esta profissão

A carreira de adestrador ou amestrador é uma profissão bastante especializada, dedicada ao treinamento de diferentes tipos de animais. A amestração é uma arte que exige paciência, compreensão e amor pelos animais. Estes profissionais são extremamente importantes, pois ajudam a moldar o comportamento de animais para que possam se integrar de maneira mais adequada à convivência humana ou para realizar tarefas específicas. O papel de um adestrador pode variar amplamente, desde treinar cães para se comportarem melhor em casa, até preparar animais para atuação em filmes ou shows. Se você tem uma paixão por animais, esta pode ser a carreira perfeita para você.

O que faz um Adestrador?


O trabalho de um adestrador, também chamado de amestrador no contexto português, é bastante diverso e depende em grande parte do tipo de animal com que está trabalhando. No entanto, há certas habilidades e responsabilidades que são comuns a quase todos os tipos de adestradores:

  • Ensinamento de comandos básicos: Um adestrador precisa ensinar comandos básicos aos animais. Isso pode incluir comandos como “sentar”, “ficar”, “vir” e “ficar quieto”. Estes comandos ajudam a manter o controle sobre o animal e também servem para disciplinar.
  • Diagnóstico de comportamento: Muitas vezes, os donos de animais procuram um adestrador porque estão com problemas de comportamento. Nesses casos, cabe ao amestrador descobrir o que está causando o problema e criar um plano de ação para corrigi-lo.
  • Treino de habilidades avançadas: Para animais de trabalho – como cães-guia ou cães policiais – um adestrador pode ser necessário para ensinar habilidades mais avançadas. Isso pode incluir encontrar objetos específicos, rastrear pessoas ou animais e realizar tarefas específicas.
  • Educação dos donos de animais: Uma parte importante do trabalho de um adestrador é educar os donos de animais. Isso inclui o treino de como manter os ensinamentos aprendidos durante o treino, como entender o comportamento dos animais e como responder adequadamente.

O trabalho de um adestrador pode ser fisicamente exigente e necessita de uma boa dose de paciência. No entanto, ele também pode ser extremamente gratificante ao observar os progressos que os animais fazem e a alegria que eles trazem para as vidas das pessoas.O adestrador, também conhecido como amestrador em Portugal, é uma profissão bastante procurada principalmente por aqueles que possuem animais de estimação e desejam que eles tenham um comportamento adequado. Os adestradores têm uma série de responsabilidades associadas a esta profissão para garantir que os animais sejam bem treinados e seguros. Aqui estão algumas das mais importantes:

¿Quais são as responsabilidades dessa profissão?

 

  • Entendimento dos animais: Uma das primeiras responsabilidades do adestrador é entender o comportamento dos animais. Isso não se limita apenas aos cães, mas também aos gatos, aves e outros animais que possam precisar de treinamento. 
  • Treinamento comportamental: O adestrador deve ser capaz de treinar o animal para se comportar de maneira civilizada. Isso pode envolver o adestramento dos cães para que não latam excessivamente ou ajudar os gatos a usarem a caixa de areia. 
  • Trabalho com problemas específicos: Animais de estimação podem apresentar comportamentos indesejados e o adestrador deve estar preparado para lidar com estes problemas. Isso pode incluir comportamento agressivo, ansiedade de separação, entre outros. 
  • Educação dos donos dos animais: O trabalho do adestrador não se limita apenas aos animais. Eles também precisam trabalhar com os donos dos animais, ajudando-os a entender como devem tratar seus pets e o que podem fazer para manter o comportamento adequado do animal. 
  • Manter-se atualizado: A comportamental animal é uma área de estudo bastante ativa. Novas técnicas de treinamento e descobertas são constantemente lançadas, e os adestradores precisam se manter atualizados para poder oferecer o melhor serviço possível.Essas são apenas algumas das responsabilidades desses profissionais. Vale lembrar que cada animal é único e pode exigir diferentes abordagens e técnicas de treinamento. O trabalho do adestrador pode ser desafiador, mas é também muito gratificante, pois contribui para o bem-estar dos animais e seus donos.

    ¿Quais habilidades são necessárias para ser bem-sucedido nessa área?

    Ser um adestrador (ou amestrador) de animais em Portugal requer uma variedade de habilidades que vão além do simples amor pelos animais. Esta é uma profissão que exige muita paciência, dedicação e o entendimento profundo da psicologia e comportamento animal.

    Paixão e compaixão pelos animais: Essa é, provavelmente, a habilidade mais óbvia de todas. Trabalhar com animais significa ter um amor genuíno por eles e um desejo de fazer o que é melhor para eles em todas as situações.

    Paciência: A formação não acontece da noite para o dia. Cada animal é diferente e aprenderá no seu próprio ritmo. Paciência é chave durante este processo.

    Boa comunicação: O adestrador trabalha não só com animais, mas também com os seus donos. Ser capaz de comunicar claramente os métodos de treinamento, as expectativas e o progresso do animal é essencial.

    Competência em lidar com comportamento animal: O adestrador deve entender os sinais sutis que os animais usam para comunicar, e usar essa compreensão para modificá-los para comportamentos desejados.

    Habilidades físicas: Dependendo do tipo de animais que você está a treinar, esta profissão pode ser fisicamente exigente. Resistência, força e agilidade podem ser necessárias.

    Capacidade de adaptação: Cada animal é um indivíduo com sua própria personalidade e comportamentos. Um bom adestrador deve ter a capacidade de se adaptar a vários animais e situações de treinamento.

    Educação continua: Como em qualquer carreira, a educação continua é importante para se manter atualizado sobre as técnicas de treinamento e comportamento animal.

    Embora nenhuma educação formal seja exigida para se tornar um adestrador em Portugal, é aconselhável obter um certificado de um programa de treinamento reconhecido. Adicionalmente, o treinamento prático sob a supervisão de um adestrador experiente é extremamente valioso.

    ¿Qual é a média salarial nesse campo?

    No campo do adestramento de animais em Portugal, a média salarial pode variar amplamente, dependendo da experiência do adestrador, o tipo de animais com os quais trabalha e a região em que se encontra.

    Os adestradores de cão, que são os mais comuns, podem ganhar em média entre 900 a 1300 euros por mês. No entanto, os profissionais especializados em comportamento canino e adestradores de cães de raças específicas podem ganhar mais do que isso.

    Os adestradores de cavalos, por outro lado, são em menor número no país, no entanto, muitas vezes ganham mais do que os adestradores de cães, dada a especialização necessária e a complexidade do trabalho. A média salarial para esses profissionais pode variar entre 1200 a 2000 euros por mês.

    Aqueles que trabalham com animais exóticos ou selvagens, como falcões, leões, entre outros, são ainda mais raros. No entanto, a média salarial para estes profissionais é difícil de definir, uma vez que o trabalho é frequentemente contratado a nível internacional e os salários podem variar amplamente.

    A maioria dos adestradores também ganha renda extra com serviços adicionais, como hospedagem de animais, passeios, entre outros. Muitos também ganham dinheiro oferecendo aulas e cursos de adestramento para proprietários de animais.

    Vale frisar que, como em qualquer profissão, os anos de experiência, qualificações e reputação do adestrador podem afetar muito a média salarial. Quanto mais experiência e qualificações um adestrador tiver, mais ele pode esperar receber.

    Lembre-se que, embora a média salarial seja um fator importante a considerar, a paixão pelos animais e a satisfação em trabalhar com eles é essencial para ter sucesso neste ramo.A profissão de adestrador, ou amestrador, é voltada para ensinar comportamentos específicos a animais, principalmente cães. A demanda por este profissional cresce cada vez mais, especialmente em Portugal, uma vez que o respeito e o cuidado com os animais têm sido cada vez mais valorizados. Veja abaixo o que é necessário para entrar nesta carreira.

    ¿Que tipo de formação ou educação é necessária para ingressar nessa carreira?

    Formalmente, a profissão de adestrador não exige uma formação acadêmica específica. No entanto, é interessante realizar cursos de capacitação em adestramento para oferecer um serviço de mais qualidade e garantir o bem-estar dos animais.

    Cursos de Formação
    Existem variados cursos de formação profissional para adestradores em Portugal, que abordam tanto a teoria como a prática do adestramento. Eles costumam incluir tópicos como:

  • Compreensão do comportamento animal.
  • Técnicas de adestramento positivo.
  • Treinamento em obediência básica e avançada.
  • Socialização e problemas comportamentais.
  • Primeiros socorros para animais.
  • Educação Continuada
    A profissão de adestrador exige uma atualização constante, visto que novas técnicas de adestramento são regularmente desenvolvidas. Existem cursos de formação contínua para os profissionais já atuantes no setor, assim como seminários e workshops.

    Experiência Prática
    Para além dos cursos, é essencial ter experiência prática. Um bom adestrador deve ter facilidade e habilidade para lidar com animais, o que pode ser adquirido com experiência prática. Trabalhar como voluntário em canis ou organizações de proteção de animais, por exemplo, pode ser uma boa opção.

    Certificação Profissional
    Embora não seja obrigatório, obter uma certificação profissional pode aumentar a credibilidade do adestrador. Em Portugal, existe o certificado de Competências Profissionais (CCP) para treinadores de cães, emitido pelo Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP).

    Portanto, o ingresso na carreira de adestrador é acessível a todos, sendo necessário principalmente amor aos animais e dedicação para aprender e atualizar constantemente suas habilidades e técnicas.A profissão de adestrador, também conhecida como amestrador em Portugal, é uma profissão fascinante, repleta de oportunidades, mas também de desafios. Este trabalho especializado exige um conhecimento profundo sobre o comportamento animal e habilidades práticas para treinar e controlar animais, sejam eles cães, gatos, cavalos ou mesmo animais exóticos. Dito isso, vamos explorar os principais desafios enfrentados por profissionais nesse setor.

    ¿Quais são os principais desafios enfrentados por profissionais nesse setor?

    Formação e qualificação: Adquirir a formação adequada para nesta área pode ser desafiador. Embora existam muitos cursos, nem todos oferecem a qualidade necessária. Em Portugal, a profissão ainda não é oficialmente regulamentada, portanto é necessário encontrar e reconhecer boas oportunidades de aprendizado.

    Variedade de comportamentos animais: Cada animal é único e por isso apresenta comportamentos e personalidades diferentes. Um adestrador precisa estar preparado para entender as peculiaridades de cada animal com o qual trabalha, o que pode requerer bastante estudo e paciência.

    Comunicação com os donos dos animais: É imperativo que um adestrador seja capaz de se comunicar e educar efetivamente os donos dos animais. Frequência, é a constância do dono no treinamento em casa que determinará o sucesso da formação do animal.

    Desgaste físico e emocional: O adestramento de animais não raramente exige um grande desgaste físico e também emocional. Principalmente no caso de animais abandonados ou com histórico de maus-tratos, a tarefa pode tornar-se emocionalmente exaustiva.

    Aspecto financeiro: É possível se sustentar trabalhando como adestrador, contudo como em qualquer profissão freelancer ou empreendedora, há sempre o desafio de construir uma clientela sólida e a questão da irregularidade de renda.

    Os profissionais desse setor amam o que fazem, ainda que os desafios sejam consideráveis. O amor pelos animais e a satisfação de melhorar as suas vidas e a de seus donos, mais do que compensam as dificuldades encontradas no caminho.

    ¿Quais são as diferentes especializações ou áreas de atuação dentro dessa profissão?

    O trabalho de adestrador ou amestrador envolve mais do que apenas “ensinar truques” a animais. Existem várias especializações dentro desta profissão, abordando diferentes espécies e áreas de atuação. Em Portugal, algumas das mais reconhecidas e solicitadas são:

  • Adestramento de cães: Os profissionais nesta área auxiliam os donos na educação de seus cães para que obedeçam comandos básicos e melhorem sua sociabilidade. Este tipo de adestramento tem como objetivo melhorar a convivência entre os donos e seus cães. *
  • Adestramento canino especializado: Além do adestramento de cães comum, existem profissionais que se especializam em trabalhar com cães que executam funções específicas, como cães de serviço (para pessoas com mobilidade reduzida), cães de terapia, cães de salvamento e resgate e cães policiais. Cada área requer conhecimento específico sobre o comportamento, a raça e as necessidades do animal.
  • Adestramento de cavalos: Outra profissão popular em Portugal é o adestramento de cavalos, também conhecido como “doma”. Estes profissionais trabalham principalmente em escolas de equitação, centros de treinamento ecológico ou fazendas e coudelarias, onde ensinam cavalos a aceitar a sela, o cavaleiro e a obedecer aos comandos de rédeas.
  • Adestramento de animais exóticos: Saindo do âmbito tradicional, alguns adestradores escolhem se especializar em espécies exóticas. Eles podem trabalhar em zoológicos, parques naturalistas, cinemas e televisão, onde treinam animais para interagir com humanos de forma segura e adequada, proteção do animal e para a realização de comportamentos específicos para fins educacionais ou de entretenimento.
  • Cada um desses campos de atuação possui suas próprias necessidades e desafios, e portanto, exigem conhecimentos específicos e muita dedicação por parte dos profissionais. A profissão de adestrador é muito gratificante, porém, requer um compromisso sério com o bem-estar e respeito aos animais, bem como uma compreensão aprofundada de seu comportamento e necessidades.

    ¿Como é o ambiente de trabalho típico para essa carreira?

    Ser um adestrador ou amestrador, em Portugal, significa trabalhar em locais variados, devido à natureza diversa desta profissão. Normalmente, o ambiente de trabalho depende do tipo de animais que o adestrador treina.

  • Para os adestradores de cães, o ambiente de trabalho mais comum é uma escola de treinamento canino ou até mesmo a casa do cliente. Alguns treinadores preferem trabalhar em parks ou outros espaços abertos, onde podem ensinar os cães a obedecer comandos em diferentes situações.
  • Os adestradores de cavalos normalmente trabalham em estábulos ou picadeiros. Este trabalho pode exigir que o adestrador esteja disposto a viajar para diferentes localidades, conforme necessário para treinar os cavalos.
  • Adestradores de animais exóticos ou selvagens, podem trabalhar em zoológicos, circos ou parques temáticos. Em alguns casos, eles também podem trabalhar para estúdios de cinema ou televisão, treinando animais para aparecer em filmes ou programas de televisão.
  • Alguns adestradores podem ainda ser especialistas em pássaros, peixes ou outros animais, cada um com um ambiente de trabalho específico.
  • Além disso, é importante notar que a profissão de adestrador requer intenso trabalho físico. O treinamento de animais muitas vezes exige que o adestrador esteja fisicamente ativo, se movendo e interagindo com os animais para alcançar os resultados desejados. Da mesma forma, o horário de trabalho pode variar, muitas vezes fora do horário comercial tradicional, para acomodar as necessidades dos clientes e dos animais. Portanto, a flexibilidade é muitas vezes um requisito importante na profissão de adestrador.

    ¿Que conselhos você daria para alguém que está considerando seguir essa profissão?

    Praticar a profissão de adestrador (ou amestrador) de animais em Portugal é um trabalho gratificante e desafiador. Se você tem amor pelos animais e uma paciência de Jó, aqui estão alguns conselhos para ajudar você a se preparar para essa carreira.

    1. Adquira educação e experiência:
    Muitos adestradores começam a sua carreira realizando cursos ou estágios em centros de treinamento de animais. Embora não seja uma exigência formal em Portugal, isso pode ajudá-lo a aprender técnicas eficazes de treinamento e a ganhar experiência prática.

    2. Entenda o comportamento animal:
    É crucial ter uma compreensão profunda do comportamento animal. A educação continuada sobre diferentes espécies, raças e suas características comportamentais beneficiará você como adestrador.

    3. Tenha paciência e consistência:
    O treinamento de animais necessita de muita paciência e consistência. Cada animal é único e responde de forma diferente ao treinamento.

    4. Aprenda a se comunicar efetivamente:
    Os adestradores precisam ser capazes de se comunicar efetivamente não apenas com os animais, mas também com os seus proprietários. Isso inclui fornecer instruções claras sobre como manter a continuidade do treinamento em casa.

    5. Esteja fisicamente apto:
    Ser um adestrador exige um bom condicionamento físico, pois muitos treinamentos podem ser exigentes e necessitam de alta energia.

    6. Mantenha a ética profissional:
    Respeite sempre os direitos dos animais e jamais use técnicas de treinamento que possam prejudicar o animal física ou emocionalmente.

    Trabalhar como adestrador em Portugal pode ser uma experiência extremamente gratificante se você tiver a paixão e a dedicação necessárias. Lembre-se de que o sucesso não é alcançado da noite para o dia e exige um comprometimento contínuo com a aprendizagem e o crescimento profissional.Os adestradores, também conhecidos como amestradores, têm uma profissão importante e complexa. A sua principal função é ensinar comportamentos e habilidades específicas a animais. Embora o adestramento mais comum seja voltado para os cães, profissionais desta área podem trabalhar com um amplo espectro de animais, desde pássaros até cavalos, passando por animais exóticos.

    Com o crescimento da consciência social sobre o bem-estar animal e a crescente população de animais de estimação, a demanda por adestradores tem aumentado, fazendo desta uma carreira com perspectivas promissoras também em Portugal.

    Perspectivas e Ofertas de emprego na área

    Nos últimos anos, a busca por adestradores qualificados tem crescido em Portugal. Os donos de animais de estimação estão cada vez mais conscientes da necessidade de garantir que seus animais sejam treinados adequadamente, tanto para a segurança do animal quanto para a comodidade no convívio familiar e social.

    Oportunidades de emprego: Existem várias oportunidades de emprego para adestradores em Portugal. Entre elas estão:

  • Emprego em empresas de adestramento: Há um número crescente de empresas especializadas no treinamento de animais que procuram adestradores.
  • Trabalhar como freenlancer: Muitos adestradores escolhem trabalhar por conta própria, oferecendo seus serviços diretamente a proprietários de animais de estimação.
  • Emprego em associações de proteção animal: As organizações de resgate de animais muitas vezes precisam de adestradores para ajudar a reabilitar animais que foram negligenciados ou maltratados para que possam ser adotados.
  • Oportunidades no setor de entretenimento: Shows, teatro, cinema e televisão também são áreas que requerem os serviços de adestradores.
  • Certificação: A carreira de adestrador não necessita de uma formação específica, mas é aconselhável que os interessados obtenham uma certificação. Existem vários programas de certificação disponíveis que ajudarão a ganhar a confiança dos potenciais empregadores e clientes.

    Salário: O salário de um adestrador pode variar dependendo do seu nível de experiência, certificação e região onde trabalha. Em Portugal, a média salarial para esta profissão ronda os €500-€1000 por mês, podendo ser maior para adestradores com uma vasta experiência e formação ou especializados em determinadas áreas do adestramento.

    Em conclusão, ser adestrador em Portugal é uma profissão com um vasto potencial de crescimento e oferece várias oportunidades de carreira para os amantes de animais. Além disso, oferece a oportunidade de fazer a diferença na vida dos animais e suas famílias.

Ler mais  Assistente Social: Conhece esta profissão